IV Encontro Pedagógico Latino-Americano II

O Encontro Pedagógico Latino Americano, que está sendo realizado em Belo Horizonte iniciou, no dia de ontem, com uma frase de Guimarães Rosa, do Grande Sertão de Veredas: “o correr da vida embrulha tudo, a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e dai afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem.”
E foi com essa coragem que se iniciou os trabalhos de ontem, que devemos ser transformadores onde estamos e lutar com ternura.
A conferência teve como foco a educação pública no cenário atual e os desafios para a integração na América Latina. Um tema de grande importância que apresenta mudanças geopolíticas.
Estamos num período em que os direitos estão sendo revogados. Há muitas violações de valores que são perdidos com essa crise.
Há um autoritarismo instalado a descrença na política, mas não devemos esquecer e cobrar a educação pública e de qualidade.
Portanto, não aceitaremos que mexam em nossos currículos, que instalem escolas sem partido, que nos proíbam de falar.
A luta vai continuar e a educação não se cala.

Professora Silmara Mayer
Diretora da APMC -Sindicato

Share