QUEREM FECHAR AS PORTAS PARA A EDUCAÇÃO

Câmara Municipal de Colombo propõe ao judiciário que as portas do local sejam fechadas em Ação de Interdito Proibitório, como alegação apresentam ao judiciário publicações de jornais que relatam a manifestação dos servidores do município ocorrida nos dias 20 e 23 de junho/2017.

O motivo de tal proposta é que a câmara pretende convocar uma sessão extraordinária no dia 17/07/2017 as 9:30, lembramos que está para ser votado pela entidade os projetos de lei do executivo 007 e 008, projeto este que retira direitos de todos os servidores municipais de colombo.

Nesta ação relata-se também a tentativa de realizar esta sessão extraordinária no Bosque da Uva.

Leia na integra e continue atento a novas noticias

 

 

Share