REUNIDOS CONTRA O PACOTAÇO DO GRECA

SINDICATOS DA REGIÃO METROPOLITANA

REUNIDOS CONTRA O PACOTAÇO DO GRECA – REUNIÃO DIA 12/06/2017

Estiveram reunidos os  sindicatos municipais da região metropolitana e da Capital na Sede da APMC SINDICATO, no dia 12 de junho de dois mil e dezessete, cujo objetivo consistiu em avaliar o atual cenário em que se encontram os municípios em relação à luta pelos seus direitos, sobretudo no que se refere à DATA-BASE de 2017, bem como o pagamento dos demais direitos contidos nos seus respectivos planos de cargos e carreiras. Após uma rodada de conversa onde cada sindicato expôs a situação em que se encontra, pode-se perceber que o momento exige unidade da classe trabalhadora, solidariedade na luta  e organização no combate às ações dos gestores para retirar nossos direitos.

Destacou-se nesse momento, o 1º dia de GREVE da CAPITAL contra o PACOTAÇO de MALDADES do prefeito GRECA, enfatizando a unidade dos sindicatos para derrubada desse PACOTAÇO na Câmara Municipal. Além dos sindicatos presentes aprovarem por unanimidade uma MOÇÃO de APOIO à GREVE dos trabalhadores (as) da Capital, reforçou-se a convocação para que todos possam comparecer amanhã a partir das 07:00 horas na frente da Câmara Municipal de Curitiba para reforçar a luta para retirada desse PACOTAÇO do MAL.

Deliberou-se também algumas ações para organização desse Fórum dos Sindicatos Municipais:

1 – Calendário de reuniões – encontros bimestrais com uma pauta comum da classe trabalhadora e extraordinariamente conforme a demanda exigir;

2 – Definir local – sugere-se que as reuniões sejam itinerantes, sendo a próxima em São José dos Pinhais. Realizar consulta com os sindicatos para definição dos locais, levando em consideração os fatores que contribuam para maior participação e adesão do maior número possível de sindicatos representantes;

3 – Breve relato dos Encontros: fazer a memória de cada encontro, resgatando as deliberações e avanços no decorrer do processo de construção dessa unidade;

4 – Divulgação: utilizar o grupo de watt para divulgação dos eventos de interesse comum e ao mesmo tempo reforço da luta entre todos;

5- Greve da Capital: aguardar o desfecho dessa luta e definir um momento para avaliação dos impactos dessa luta contra o PACOTAÇO e quais os reflexos da mesma para os demais municípios da região metropolitana.

Share